ir para o conteúdo
Nota de Falecimento 03/07/2022

Com pesar, noticiamos o falecimento de Paulo Guilherme Aguiar Cunha. O executivo iniciou sua carreira no Grupo Ultra em 1967, a convite de Pery Igel, onde dirigiu a implantação da Oxiteno - empresa que presidiu até 1992. Atuou também como presidente do Ultrapar entre 1981 e 2006, foi o responsável pela reestruturação do grupo e, mais tarde, pela abertura do seu capital em 1999. Nesta ocasião, de forma pioneira, a empresa abriu o seu capital simultaneamente em São Paulo  (BOVESPA) e em Nova York (NYSE).  

Durante toda sua trajetória, Paulo teve uma intensa atividade institucional, presidindo entidades como o Instituto de Estudos para o Desenvolvimento Industrial (IEDI), Instituto Brasileiro de Petróleo e Gás (IBP) e a Associação Brasileira da Indústria Química (ABIQUIM). Integrante do Conselho Monetário Nacional, Paulo Cunha foi grande apoiador da indústria brasileira e um dos idealizadores do modelo tripartite que contribuiu para a rápida industrialização do país, formando alianças entre o setor privado, empresas públicas e sócios estrangeiros, sempre sob comando nacional.

Paulo Cunha presidiu o Conselho de Administração da Ultrapar até 2018. O executivo deixa um legado de ética, visão de longo prazo, austeridade na vida pessoal e profissional, respeito às pessoas, empreendedorismo e valorização da inovação tecnológica. Uma grande perda para o Grupo Ultra e para o país.

Este website usa cookies temporários para garantir segurança e registro de métricas. Ao continuar navegando você concorda com o uso deles.

GRUPO ULTRA © 2022. Todos os direitos reservados. - Sobre Cookies | Política de Privacidade | Política de Segurança da Informação